ARTIGOS

A INFLUÊNCIA DA RETÓRICA VETEROTESTAMENTÁRIA SOBRE A CARTA DE PAULO AOS GÁLATAS - Alexandre Alencar da Costa

Desde que Betz analisou a carta de Paulo aos Gálatas a partir das categorias da retórica aristotélica clássica considerando a epístola uma “carta de gênero apologético”, diversos outros estudos seguiram o mesmo rumo e submeteram as cartas paulinas sob os mesmos crivos. O sitz im leben judaico do apóstolo foi substituído por diversas teorias sobre a influência do mundo greco-romano, procurando encontrar nas literaturas e religiões pagãs do primeiro século a fonte que influenciou não somente a teologia, mas também a retórica das cartas de Paulo. Contudo, sendo este um legítimo judeu de origem tradicional, escrevendo sobre uma controvérsia judaico-cristã acusando os judaizantes de apostasia, devemos esperar em sua carta aos Gálatas a presença de estilos retóricos judaicos comuns ao Antigo Testamento que é a fonte primária utilizada pelo apóstolo para combater seus adversários e ensinar aos cristãos a relação de continuidade entre a antiga e nova aliança.

 

COMO A BÍBLIA FOI FORMADA - Bruno César

Deus falou e louvamos Seu Santo nome por isso! Por meio da Palavra de Deus todas as coisas foram feitas (Hb 11:3). Porque Deus falou é que conhecemos tudo o que sabemos a respeito dele. Ele também falou com o homem, e, como resultado desse diálogo temos a Bíblia Sagrada, uma biblioteca formada por 66 livros. Como os livros da bíblia foram escritos? Em quais materiais e línguas? Quem os escreveu? Quem decidiu quais livros deveriam compor a bíblia? Quem deu a última palavra? Porque esses 66 livros entraram na bíblia, por assim dizer, enquanto outros não entraram? Quais os critérios estabelecidos para que os livros fizessem parte da seleção de livros bíblicos?

 

Please reload

Endereço

Av. D. Pedro I, 923, Centro, João Pessoa - PB

CEP: 58013-021

Telefones:

+55 (83) 3222-3482 

+55 (83) 3222-5567 

Redes Sociais

  • YouTube Social  Icon
  • Facebook Social Icon